texto à esquerda Kubernetes e a proteção de dados, à direita a logo da SManager e no rodapé suas redes sociais

Kubernetes e a proteção de dados

A transformação digital está a todo vapor. E conforme as empresas se adaptam a essa nova era, a infraestrutura de TI evolui junto e se ajusta às suas novas necessidades

As palavras de ordem são agilidade, flexibilidade e segurança. 

Com isso, novas tecnologias surgiram para melhorar a qualidade, aumentar a escalabilidade e acelerar o fornecimento de aplicações para os negócios.  

Uma das tendências são os chamados contêineres, utilizados para “empacotar” um conjunto de aplicações e facilitar a transição entre os diferentes ambientes da TI.  

E, conforme a adoção da nuvem nativa continua crescendo exponencialmente, o Kubernetes se tornou a plataforma de infraestrutura com crescimento mais rápido, a caminho de se tornar a próxima plataforma corporativa preferida. 

A importância do Kubernetes 

Como já explicamos em textos anteriores, Kubernetes é uma plataforma de código aberto desenvolvida pelos engenheiros do Google para gerenciar e orquestrar esses contêineres e levar mais eficiência para os times de desenvolvimento.  

Seu objetivo é tornar os contêineres um processo automatizado e com menos complexidade de forma a serem acessados de qualquer lugar. No entanto, para que essa tecnologia garanta todos os benefícios e as vantagens prometidas, ela precisa ser devidamente gerenciada e protegida. 

Os ataques cibernéticos estão cada vez mais sofisticados e capazes de atingir as infraestruturas críticas das organizações.  

As estratégias de segurança tradicionais já não são mais suficientes para inibir os ciberataques, sendo necessário uma abordagem inovadora e avançada de proteção de dados moderna. 

Finalmente, as empresas estão entendendo que não dá para proteger Kubernetes da forma como vinham fazendo e a demanda por um software que entenda, gerencie e proteja esses workloads nativamente é uma grande tendência entre as organizações. 

Proteção de dados do Kubernetes 

Felizmente, já existe no mercado plataformas capazes de oferecer às equipes de operações corporativas um sistema fácil de usar e escalável para o backup do Kubernetes, que o protege com as características que ele demanda, não da maneira tradicional, incluindo criptografia de nível corporativo, funções de gerenciamento de identidade e acesso e muito mais. 

Embora o Kubernetes forneça alta disponibilidade e escalabilidade para serviços de aplicação, esses benefícios não se estendem aos seus dados, tornando o gerenciamento de dados de aplicações do Kubernetes uma prioridade crucial.  

Por que gerenciamento de dados nativo para Kubernetes?  

A plataforma Kubernetes é fundamentalmente diferente de todas as infraestruturas computacionais anteriores. Ela usa sua própria política de alocação para distribuir componentes de aplicação; contêineres podem ser dinamicamente reprogramados ou escalados e novos componentes de aplicação podem ser adicionados ou removidos a qualquer momento. 

Uma solução de gerenciamento de dados precisa compreender esse padrão arquitetônico nativo da nuvem, ser capaz de funcionar sem estabilidade de endereço IP e de lidar com mudanças contínuas. 

Nossa sugestão é o Kasten K10 da Veeam®, que oferece às equipes de operações corporativas um sistema fácil de usar, escalável e seguro para backup/restauração, recuperação de desastres e mobilidade de aplicações. 

Desenvolvido especificamente para Kubernetes, o Kasten 10 oferece às equipes de operações corporativas um sistema fácil de usar, escalável e seguro para backup e restauração, recuperação de desastres e mobilidade de aplicações do Kubernetes. 

Conclusão 

Como podemos notar, o Kubernetes é vital para os negócios que estão se antecipando ao futuro e protegê-lo adequadamente é uma garantia que você está preparado para os desafios digitais que ainda estão por vir. 

Clique aqui e consulte nossos especialistas como proteger suas aplicações nativas de nuvem e dados essenciais ao negócio implantando uma solução de backup verdadeiramente nativa para Kubernetes.