Dicas para acelerar a estratégia de Data Protection

O novo cenário de transformação digital exige das empresas uma estratégia forte de Data Protection e Data Management. 

Mas, antes de estabelecer sua estratégia, é preciso esclarecer alguns conceitos. 

Diferença entre segurança da informação e Data Protection 

Quando pensamos em circulação de dados dentro de uma corporação, pensamos também nas estratégias de endereçamento da segurança dessas informações e sua respectiva proteção. 

Embora sejam sonoramente parecidas, estratégia de segurança de dados engloba a perspectiva de blindagem contra as ciberameaças. 

Uma estratégia de cibersegurança começa pelo treinamento e conscientização de todos da empresa, objetivando a capacitação na identificação de ameaças mais simples e recorrentes, como phishing, ou pelo menos garantir que todos estejam conscientes sobre as boas práticas para evitar a contaminação por vírus. 

Paralelamente, é necessária a implementação de ferramentas de segurança como antivírus, firewall e antimalware e atualização de softwares e testes de intrusão rotineiros.  

A estratégia de Data Protection estabelece métodos e adota soluções para evitar vazamentos, comprometimento ou perdas, seja de forma intencional – como por exemplo vazamentos praticados por agentes mal-intencionados, ou a perda em decorrência de incidentes não intencionais, como a exclusão de um arquivo importante. 

Sendo assim, a estratégia de Data Protection também precisa incluir tecnologias e procedimentos que possibilitam a realização frequente de backups, replicação de dados, validação recorrente dos dados protegidos para garantir sua integridade e, principalmente, garantir que estejam prontas e  disponíveis rapidamente em casos de ataques de ransomware ou de incidentes naturais como incêndios, por exemplo. 

Podemos entender, portanto, que as estratégias são complementares e fundamentais para uma proteção e segurança de dados eficiente.  

Vale ressaltar que apenas o backup não garante a proteção de dados. 

O armazenamento de dados deve estar em locais seguros, apresentar condições ambientais adequadas e para garantir sua restauração quando necessários, é preciso realizar testes de recuperação de dados. 

Como tirar melhor proveito da estratégia de Data Protection  

O princípio de uma estratégia de Data Protection é a base.  

Estabelecer a criação de cópias de segurança para dados locais e em nuvens públicas e assegurar que o backup poderá ser acessado sempre que necessário. 

Feita a base, agora pode-se aplicar novos horizontes aos dados, para ir além do backup tradicional: 

1. Reutilização de dados 

Consiste em utilizar os dados já armazenados em análises inteligentes. É possível economizar tempo e dinheiro numa tomada de decisão mais estratégia, utilizando dados-chaves em análises baseada em dados.  

2. DevOps 

Aqui é possível utilizar os dados armazenados para uma entrega ágil nas implementações, excelente para estratégias de DevOps, reduzindo assim os desafios de disponibilização de recursos para testes, enfrentados pelas áreas de desenvolvimento e infraestrutura. 

3. Disaster Recovery 

Nenhuma empresa quer passar por essa situação. Mas, desastres acontecem e é necessário ter uma garantia quanto a isso. 

Não importa qual seja o motivo de sua implementação, mas o plano de recuperação de dados precisa de uma solução confiável e eficaz. 

Soluções SManager e Veeam 

 Entenda como recursos de imutabilidade e gerenciamento de dados da parceria SManager e Veeam podem ajudar a mitigar danos quando o assunto é ransomware.  

Entre em contato com um de nossos especialistas para entender como impulsionar a sua estratégia com a nossa expertise em Data Protection.